Sábado 26 de Setembro, 2020
« Setembro de 2020 »
D S T Q Q S S
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 1 2 3
Objetivos

Objetivo Global

A estratégia de desenvolvimento sustentável para a região do GAC Alto Minho assentou no objetivo global de “provocar um crescimento sustentável do PIB e do emprego na área de intervenção”, através de três eixos principais de atuação:

1. Apoio e valorização das atividades económicas existentes nas regiões envolvidas, aumentando a competitividade e valor acrescentado das atividades ligadas à pesca que revelassem forte potencial de crescimento;

2. Identificação e criação de outras atividades económicas com elevado índice competitivo e capacidade de se constituírem como alternativas efetivas para as comunidades onde a pesca já não garante uma adequada sustentabilidade, e apoio à reconversão e formação dessas comunidades para essas atividades;

3. Desenvolvimento e criação de atividades que valorizassem as componentes sociais e ambientais do Litoral Norte e das suas comunidades em particular.

Objetivos Específicos

A estratégia de desenvolvimento sustentável do GAC concretizou-se numa série de objetivos específicos, são eles:

1. Potenciar e valorizar os ativos estratégicos da região e criar capacidade de gestão de toda a cadeia de valor, da inovação à comercialização, nas várias áreas de intervenção;

2. Criar conteúdos e narrativas, identificando pontos de atração, animação e de vivência de “experiências” turísticas, qualificando os núcleos piscatórios, em ligação com o património natural, arquitetónico e cultural da região;

3. Inovar na conceção, diferenciar e valorizar produtos-chave ligados ao mar da economia da região, pela valorização de produtos diferenciadores da região que pudessem ser desenvolvidos através de uma cadeia de valor integrada;

4. Agregar a oferta de produtos/serviços da região em plataformas integradas de comercialização;

5. Qualificar os pontos de venda de produtos significativos e canais de comercialização de forma a valorizá-los e a criar zonas de atração de tráfego/visitantes;

6. Dinamizar os apoios de praia de forma a aumentar a oferta de produtos e serviços e criar pontos de atração de tráfego e de informação;

7. Identificar e criar oportunidades de formação para aquisição de novas competências pelas comunidades piscatórias dependentes da pesca;

8. Motivar os atores e valorizar as profissões da pesca;

9. Criar condições de optimização das infraestruturas e logística de facilitação das atividades económicas das comunidades piscatórias.


© 2020 - Todos os direitos reservados.